Na quinta (30/07), aconteceu a última transmissão do Programa de Lives Bienal 12

Atualizado: há 5 dias





Nesta quinta-feira, 30 de julho, aconteceu a última transmissão do Programa de Lives Bienal 12, às 19h. O bate-papo de encerramento reuniu a equipe curatorial desta edição da mostra: a curadora geral Andrea Giunta, as curadoras adjuntas Dorota Biczel e Fabiana Lopes, e o curador do Programa Educativo Igor Simões. Neste encontro final, a equipe retomou a Bienal e seus processos antes e depois da pandemia, compartilhando com o público os aprendizados e atravessamentos desta edição.


O Programa de Lives teve início no final de maio e contou com as participações de 16 convidados, entre artistas, curadores e educadores: Rosana Paulino, Ana Lira, Juliana dos Santos, Mara Pereira, Natalia Iguiñiz, Eliana Otta, Arissana Pataxó, Ana Gallardo, Sebastian Calfuquea, Joiri Minaya, Pau Delgado, Helô Sanvoy, Juliana Góngora, Janaína Machado, Hugo Oliveira e Hélio Menezes. Todas as transmissões estão disponíveis no YouTube da Bienal do Mercosul. Também estão disponíveis os vídeos das atividades e dos encontros realizados pelo Programa Educativo, que já totalizaram mais de 7.000 visualizações.


Andrea Giunta

Escritora, curadora e professora da Universidade de Buenos Aires, onde obteve seu doutorado. Ela é pesquisadora principal do CONICET, Argentina, e pesquisadora visitante da Universidade do Texas em Austin. É autora de vários livros sobre arte latino-americana, incluindo Avant-garde, Internationalism and Politics: Argentine Art in the Sixties (Durham: Duke University Press, 2007). Em 2018, ela publicou Feminismo y arte latinoamericano: Historias de artistas que emanciparon el cuerpo (Buenos Aires: Siglo XXI, 2018, a ser publicado pela University of California Press). Foi cocuradora de Radical Women: Latin American Art, 1960–1985 (2017–2018, Hammer Museum, em Los Angeles, Brooklyn Museum, em Nova York, e Pinacoteca de São Paulo).

Dorota Biczel

(Polônia/EUA) é PhD pela Universidade do Texas em Austin e atualmente atua como professor assistente visitante em História da Arte na Universidade de Houston. Seus projetos de pesquisa, redação e curadoria concentram-se na arte latino-americana contemporânea vista no contexto global, particularmente nas interseções de experimentação material, prática social e política. Publicou artigos e ensaios em revistas acadêmicas como Caiana, Buildings & Landscapes, Art Journal, ARARA e alter / nativas e em catálogos de exposições. Foi curadora de Moving Mountains: Extractive Landscapes of Peru, no Centro de Artes Visuais da Universidade do Texas (2016), e cocuradora de cronologia de Teresa Burga’s Chronology: Reports, Diagrams, Intervals (2011, Württembergischer Kunstverein Stuttgart), entre outros projetos.


Fabiana Lopes

Curadora independente radicada em Nova York e São Paulo e doutoranda em Estudos de Performance pela New York University, onde é uma Corrigan Doctoral Fellow. Sua pesquisa está centrada na produção contemporânea de artistas da diáspora africana no Brasil e nas Américas. Seus textos foram publicados na Harper’s Bazaar Art, O Menelick 2o Ato, ARTE!Brasileiros, Contemporary And (C&) e em catálogos de exposições, entre os quais Rosana Paulino: Costura da Memória, Pinacoteca, São Paulo (2018), Lucia Laguna: Vizinhança, MASP, São Paulo (2018), Of Darkness and of Light, Minnette Vári, Johanesburgo (2016), e Territórios: Artistas Afrodescendentes no Acervo da Pinacoteca, Pinacoteca, São Paulo (2015).

Igor Simões

Doutor em Artes Visuais-História, Teoria e crítica da Arte-PPGAV-UFRGS. Professor adjunto de História, Teoria e Crítica da arte e Metodologia e Prática do ensino da arte (UERGS). Membro do comitê de curadoria da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas-ANPAP, Membro do Núcleo Educativo UERGS-MARGS. Membro do comitê de acervo do Museu de Arte do RS-MARGS. Trabalha com as articulações entre exposição, montagem fílmica, histórias da arte e racialização na arte brasileira e visibilidade de sujeitos negros nas artes visuais. Autor da tese Montagem Fílmica e Exposição: Vozes Negras no Cubo Branco da Arte Brasileira. Membro do Flume-Grupo de Pesquisa em Educação e Artes Visuais.


Patrocínio: Santander e Correios

Co-patrocínio: Banrisul e Zaffari

Apoio: Unimed, Eletron Energy, Unicred, Pompéia, Ivo Rizzo, Oleoplan e Blanver

Apoio institucional: Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul, Memorial do RS, MARGS, UERGS, CHC Santa Casa e Fundação Iberê Camargo

Financiamento: Pró-Cultura – Lei Estadual de Incentivo à Cultura

Realização: Lei Federal de Incentivo à Cultura

Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul

Rua Gen. Bento Martins, 24/1201 - Centro

CEP 90010-080 | Porto Alegre - RS 

contato@bienalmercosul.art.br

+55 51 3254 7500

  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon

PATROCÍNIO:

REALIZAÇÃO:

FINANCIAMENTO:

Site criado e desenhado pela EROICA conteúdo